gilson


   Escrevendo pra alguém que não vai ler, com lágrimas nos olhos e um carinho enorme. A vida passou mais rápido do que pude me dar conta, mas você sempre estava lá: nas lembranças, nas preocupações, nas suposições e mistérios. Daí eu me pergunto sobre os porquês de termos tanta gente ruim nos rodeando e as boas, as que te quiseram/querem bem estão muitas vezes, distantes. Vai saber? 
    Eu me contento em saber que os planos de Deus são sempre maiores e melhores que os nossos. Que nada nessa vida é em vão ou "ficará por isso mesmo". Que você, amigo, veio na minha vida pra me dar uma lição: da amizade ao valor que eu devo dar à minha própria vida; a gratidão; a luta nossa de todos os dias, onde a gente reclama quando só devia agradecer. 
    Você vai continuar fazendo falta, assim como fez em tantos outros dias. Que você seja feliz o tanto quanto mereceu e o tanto quanto fez feliz amigos como eu. Até quem sabe, amigo meu, muito obrigada... 

blackbird, fly!

   
   Há pelo menos uns três meses eu venho cantarolando pelos cantos a música "Blackbird" dos Beatles, composta pelo Paul McCartney. Sempre gostei da música, mas nunca tinha dado muita atenção. Ultimamente ela tem sido um verdadeiro hino para mim. 

   Sabe quando a música diz exatamente aquilo que você está sentindo? Abaixo, a música e sua tradução.


   Eu não gostei muito da tradução que colocaram no vídeo porque parece muito ao pé da letra e essa canção merece um toque mais poético. Nesse link AQUI você encontra a tradução do jeito que costumo interpretar a música. 

   Acho que todos que estejam passando por algo que tenham esperado muito vão se identificar com essa música. No meu caso é em relação a começar a fazer faculdade. Tenho me identificado tanto com a música que passei a usar Blackbird como nome no Twitter! (@flordisse)
    
   E você, tem se identificado com alguma música? Me conta! Beijinhos

goodbye, fear

   Hey medo!

   Se não fosse por você eu teria feito muitas bobagens. Aqui vai meu agradecimento: obrigada! Mas apesar de você ser meu camaradinha e ter me impedido de realizar certas bobagens, preciso que você me dê um tempo.

   Nada infinito, sabe? Só um tempinho. Com você por perto talvez eu me contenha. Vou ali ser feliz e já volto!
»