Metida a escritora

Eu sempre tento passar o que sinto através dos meus textos. Tento que as pessoas se identifiquem ao menos com uma linha do que escrevi. Algumas vezes pode ser difícil, já que a maioria são intensos desabafos.
Eu sou metida a escritora e sempre foi assim, desde bem mais jovem. Tendo talento como alguns dizem ou não, eu não me prendo a rótulos: simplesmente escrevo. 
Escrevo expressando da apatia até o maior grau de felicidade que sinto. Escrevo sobre meus medos e tristezas também. Melancolia é minha palavra favorita e amiga que se faz presente por anos. 
No fundo, ninguém é tão metida a escritora sem motivos. Cada pessoa tem seu motivo, sua inspiração ou momento... E eu também tenho os meus, claro. 
Acho que escrever no fim me liberta. Liberta o que penso, o que sinto, o que sou ou pretendo ser... E sendo assim eu consigo conhecer cada vez mais a mim mesma. 
Para alguns, a vida é feita de festas, bebidas, viagens... Já eu, na falta disso, me contento com a liberdade que um texto sincero pode oferecer. Me sinto livre para sempre.  

5 comentários:

  1. Acho que nós, blogueiras, somos todas metidas a escritoras. Isso é normal. Até porque, se não o fôssemos, então provavelmente não teríamos blogs.
    Isso é algo difícil de lidar, de transmitir coisas inexprimíveis em palavras, mas é algo importante.
    Realmente, a liberdade das palavras é algo surpreendente e revelador.

    Beijo!
    http://miasodre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. PARTICIPEM DO SORTEIO DO MEU BLOG: http://eaivamomaquiar.blogspot.com.br/, com um lindo KIT DA MARYKAY! Beijao

    ResponderExcluir
  3. Gente, eu fico besta com o incrível dom que você tem de escrever, serio! Ainda mais de transformar muitas cosias que eu penso e sinto em poucas palavras hihu
    Eu também sou metida a escritora desde que aprendi a ler e escrever, sempre gostei dos dois! Na escola ate me chamavam de nerd ou esquisita por isso, mas nunca linguei hehe

    E eu, como blogueira, escrevo de tudo! Mas aqueles texto que a gente escreve quando o sentimento vem a tona, eu guardo! Sei lá, tenho vergonha e medo de expor o que eu sinto as vezes....Não é toda vez, mais a maioria...

    http://rascunhosdasuuka.com

    ResponderExcluir
  4. Awn, me identifiquei. Sei bem como é isso; é como se escrever fosse o único refúgio. Como se as coisas legais da nossa vida só acontecessem na nossa cabeça... pelo menos comigo é bem assim.

    www.falandosozinhaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Assim que me sinto tbm, amei o texto, ao escrever expresso aquilo que talvez não teria coragem de demonstrar de outra forma! bjo lindona

    ResponderExcluir

Olá! Peço para que ao final de seu comentário você deixe o link de seu blog para que eu possa retribuir a visita. Retribuo todas as visitas! Obrigada por comentar! :D

« »