repetitive

Eu não esperava muita coisa do amor. Talvez até, não esperasse nada.
Por relatos, eu achava que não passava de carinho e uma sensação de conto de fadas, o que mais faltava me embrulhar o estomago. Eu era fria, calculista, apática e até gostava, mas a vida decidiu mudar meu rumo.
De repente, eu me vi gostando de uma pessoa de uma forma totalmente diferente. Como primeira reação eu quis lutar contra, mas aconteceu tão naturalmente que quando me dei conta, lutei a favor.
E mais do que nunca, eu precisei ser calculista. Peguei gosto, vi que por ele não mudaria, talvez até me descobrisse mais. Estava certa. Eu que era totalmente contra esse sentimento que não me deu a menor estabilidade possível, agora buscava formas de não me manter estabilizada... Mas sim de estabilizá-lo. Complexo.
O tempo foi passando e eu descobri ainda mais sobre o amor. Mas numa parceria que não poderia ser melhor.
Aprendi que é confiança, compreensão e dificuldades... E que nada se parece mais forte.
O amor é lindo como dizem, mas o meu, só para variar vem acompanhado de um pequeno caos. Daqueles em que me envolvo todos os dias, esperando ansiosa como em uma novela por capítulos mais longos. Amor complicado, sofrido, mas indispensável. Que construí e construo com alguém que faz em todos os aspectos valer a pena. Que é por alguém que me faz cada vez mais forte e descobrir o que tudo isso significa.
As coisas não passam mais a girar em torno de mim, de alguém... É de um "nós", que me faz tão feliz, independente das dificuldades que se passam, que hoje não me limito a ser apenas "eu".

7 comentários:

  1. Ain que tudo aquela revista que vc fez, parabens... ficou muito legal! Sua irma deve ter ficado muito feliz nee! Beijos :)

    Doce Futuro

    ResponderExcluir
  2. Nossa , lindo seu texto Nessa, me fez lembrar do começo do meu antigo recente relacionamento ... foi exatamente assim!

    Beijos, Sabrina
    www.spiderwebs.com.br <3

    ResponderExcluir
  3. Nossa qe lindo, adorei o que vc escreveu parabéns, beijoos

    http://aboutbrendalima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Lindo! O blog e o texto!
    Bjs Ingrid

    ResponderExcluir
  5. Que bonito texto, não há nada mais bonito que amar, mesmo quando é um amor caótico.

    ResponderExcluir
  6. ah o amor, tudo de bom amar! Adorei o tema e o texto de hoje :)

    http://mynameisnaah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que lindo texto ! Me fez me identificar com minhas paxonites caóticas ! Parabéns ! || Obrigada pela visitinha lá no blog (:


    canelacomamor.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Peço para que ao final de seu comentário você deixe o link de seu blog para que eu possa retribuir a visita. Retribuo todas as visitas! Obrigada por comentar! :D

« »
_______ANALYTICS AQUI________