No tom.

Será que alguém no mundo pôde ser mais feliz do que nós naquela noite? Eu ainda me lembro do seu nervosismo intenso, com o rosto pálido, as mãos geladas, pernas trêmulas e postura totalmente afetada por todo o contexto. Ainda suspiro quando lembro do seu traje, todo montado à seu gosto e com a gravata que eu te dei; pra mim, foi a "cereja do bolo". 
Nós dois de braços dados caminhando, dividindo o guarda-chuva e fazendo pose com os peitos estufados, tentando provar um para o outro que a palavra "nervosismo" não se encaixava para o momento. Que bobagem! Era "A" palavra para o momento. Enquanto eu mordia os lábios, tentando disfarçar o que eu sentia (ansiedade, medo, nervosismo e outros), você fazia questão de demonstrar o quanto estava estressado e sentindo tanto quanto eu, o mesmo ou até mais. Te achei como sempre, um fofo.
No decorrer da noite, senti aquele frio habitual e confesso que não sei se tremia de frio ou nervosismo. De qualquer forma, ao reparar minhas mãos arroxeadas e o corpo trêmulo, você não pensou duas vezes ao me emprestar seu blazer, o que além de encher meus olhos, encheu meu coração. A chuva afinal, cedeu um tom dramático no início da noite e um toque especial no fim. Voltamos juntos para casa brincando na chuva enquanto dividíamos o guarda-chuva e eu não vou jamais me esquecer do seu cavalheirismo abrindo a porta do carro. Enquanto o carro acelerava você tentava em poucas palavras me dizer o quanto sentia-se feliz, e eu me identificava a cada uma que ouvia. A mais importante delas me bastava, além da sua gratidão, depois de um passo tão importante como tínhamos dado, eu sabia que aquele "eu te amo", era mais do que especial para ambos... Era mais uma página para nossa história.      

3 comentários:

  1. Adoro seus textos! Esse texto é tão bonito!

    Euziiinha S2

    ResponderExcluir
  2. Que fofinho, a chuva é tão especial e inspiradora, fica linda em qualquer contexto.

    BEIJO
    www.spiderwebs.com.br

    ResponderExcluir
  3. Vanessa, que texto lindo. Carregado de muito carinho e amor. Muito gostoso de se ler. Como sempre, você escreve otimamente bem.
    Beijos
    Manoel

    ResponderExcluir

Olá! Peço para que ao final de seu comentário você deixe o link de seu blog para que eu possa retribuir a visita. Retribuo todas as visitas! Obrigada por comentar! :D

« »
_______ANALYTICS AQUI________